“Debaixo dos Arcos” foi, e ainda é, o primeiro blogue não virtual de Aveiro. Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada": o centro do mundo...

27 setembro 2009

Rescaldo II

Se o PSD não conseguiu o seu objectivo (ganhar as eleições, mesmo sem a maioria), há outros aspectos a ter em conta:
1. O PS não ganhou a maioria e não teve um resultado tão claro como Sócrates afirmou.
2. O BE, mesmo subindo, não é a 3ª força e não está muito afastado da CDU. No dia em que os descontentes do PS voltarem a ficar contentes, acaba a euforia e a arrogância.
3. Sócrates deixou claro que não "piscará" o olho ao BE. Acabou o "casamento secreto"!
4. A Abstenção prejudicou o PSD (veja-se a percentagem na Madeira - cerca de 45%).
5. Não acredito que Manuela Ferreira Leite se demita, mesmo depois das autárquicas (perspectivando-se um bom resultado).
6. A CDU "afundou" no 5º lugar.
7. A Maioria obtém-se: PS+PSD / PS+CDU+BE e, curiosamente, PS+CDS.
8. Goste-se ou não... CDS é o grande vencedor das eleições. Obteve o que Paulo Portas sempre desejou: a não maioria do PS, os dois dígitos percentuais (10,5%), a 3ª força eleitoral, 21 deputados... e é a "balança" no parlamento.

2 comentários:

Migas "das Arábias" (miguel araújo) disse...

Para complemento
PS foi o único partido a perder deputados. Todos os outros ganharam...mesmo o PCP, com mais um deputado.

Migas "das Arábias" (miguel araújo) disse...

Outro complemento (via Twitter, como o primeiro)
"PS perde 15 deputados p/direita (6 p/PSD + 9 p/CDS) e 9 p/esquerda (8 p/BE + 1 p/CDU). Minha leitura: viragem à direita."