“Debaixo dos Arcos” foi, e ainda é, o primeiro blogue não virtual de Aveiro. Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada": o centro do mundo...

26 janeiro 2006

Culturalidades

Há momentos em que vale a pena sentir a cultura.
Um desses momentos está objectivamente marcado nesta excelente entrevista de Maria da Luz Nolasco ao Diário de Aveiro de hoje. Ler.
A Cultura Aveirense agradece.

2 comentários:

Meliá disse...

Gosto de arcos e deste blog.
Falando em cultura, gosto de poesia e para contrabalançar com alguma prosa que por aí se vai escrevendo sobre balanços de "cadeiras" e novidades tão desusadas, sonhemos um pouco com estas palavras que estão sempre em dia:

"Com o passar do tempo
Precisas te lembrar disso
Um beijo ainda é um beijo
Um suspiro é somente um suspiro
As coisas fundamentais se adaptam
Com o passar do tempo
E quando dois amantes se entregam
Eles ainda dizem " Amo-te "
Nisso tu podes confiar
Não importa o que o futuro traga
Com o passar do tempo
A luz da lua e canções de amor
Nunca estão fora de moda
Corações repletos de paixão
Ciúmes e ódio
A mulher precisa do homem
E o homem precisa ter o seu par
Isto ninguém pode negar
Ainda é a mesma antiga história
Uma disputa por amor e glória
Um caso de matar ou morrer
O mundo sempre acolherá os amantes
Com o passar do tempo!"

(desconheço o autor)

Anónimo disse...

Caro amigo ou amiga, faça-nos ou faça-me o favor de, de vez em quando vir "contrabalançar" a dita prosa que por aí se vai escrevendo sobre tudo e sobre nada, com coisas como esta.
Obrigado por este bocadinho de paz.
E desculpe o anonimato.